Friday, February 25, 2005

wake up, maggie.

tudo bem, tudo bem, tudo bem.
deixa assim, que está tudo bem
a gente não precisa ir pra lá
a gente não precisa ir pra cá
ninguém quer ser insistente
a gente nem precisa ser “a gente”
está tudo bem.
não se preocupe.
está tudo bem.
eu não te vejo chorar
você não me vê partir
está tudo bem
tudo bem, tudo bem, tudo bem
as coisas vão caminhando mesmo assim
não me importo se você chegar pra mim
e dizer que sou eu que não estou a fim
quem sabe não é bem isso mesmo?
mas talvez você esteja chutando à esmo
seja como for, um dia tudo isso vai passar
o riso já passou, a dor nem vai precisar
vai ficar tudo bem.
tudo bem, tudo bem, tudo bem.
preciso que você fique calma agora
senão, eu não consigo ir embora
a gente fez o que dava pra fazer
agora, não tem mais pra onde correr
nos teus olhos eu me banho,
mas não reconheço teu olhar
eu sou um estranho
e não... não posso ficar
tudo que quero é que você fique bem
entenda: o silêncio é um ritmo também
está tudo bem.
não se preocupe.
está tudo bem.
tenho quer ir antes do sol nascer
mas não é porque não amo você
pelo contrário, é porque eu ainda amo
mas não sei se você ainda é você.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home